Mentoring para executivos

Em nossa metodologia o Mentoring está intimamente ligado ao processo de Coaching e se refere mais à ativação do imenso potencial e possibilidades de cada pessoa. Durante o processo de Coaching incorporamos o Mentoring em maior ou menor grau, e os ganhos ultrapassam questões de desempenho, resultados e metas, pois outros níveis podem ser obtidos como expansão de consciência, conexão com sabedoria do cliente, insights, foco, atenção.

O Mentoring é usualmente conhecido como um processo onde um profissional mais experiente e antigo dentro de uma empresa, profundo conhecedor de uma área ou nicho, desenvolve jovens talentos na ampliação e aprofundamento de suas habilidades, visando futuras posições de liderança.

O Mentoring aliado ao Coaching significa uma abordagem que incorpora reflexões mais amplas, trazendo a imensa potencialidade do cliente para o processo, numa abordagem mais holístico-sistêmica, abrindo a mente para um espaço mais abrangente, expandindo percepção e visão. Incorpora o eixo do equilíbrio, felicidade humana e modo de vida mais pleno e significativo dentro do mundo processual.

Pode seguir um fluxo mais formatado ou um modelo inspirado na Teoria U. Os dois são profundos e eficientes, mas respeitam o perfil de cada cliente, onde se adapta e flui melhor.

Alguns preferem um estilo mais ordenado com fluxograma e roteiro mais estruturados, onde as novas idéias e soluções surgem com maior frequência da elaboração mental e análise.

Outros lidam melhor com um modelo mais aberto, com espaço para insights, intuição, percepção e a própria sabedoria aflorar. Neste caso as novas idéias e soluções podem emergir também do estado de Presencing (veja imagem).

Saiba um pouco sobre a essência da Teoria U: segundo Otto Scharmer “a Teoria U não só leva em conta o que fazem os líderes, e como o fazem, mas enfoca algo que não tinha sido contemplado pelos teóricos até então: o lugar de onde atuam. E ali o primeiro nível é a qualidade da atenção. A primeira vez que percebi essa ideia foi durante uma conversa com o ex-presidente-executivo da Hanover Insurance, Philip Ryan. Ao falar das experiências mais importantes de seus 25 anos de liderança, ele me disse que o sucesso dependia de seu estado interior, da qualidade da atenção que devotava a cada situação. Comecei a entender qual é o impacto da qualidade da atenção que colocamos em nosso trabalho e em nossa vida. Para resumir em uma frase a Teoria U, diria que a atenção que se presta a uma situação determina a forma como ela evoluirá”. (trecho da entrevista com Otto para a HSM).