Crises

Crise

Você conhece bem a situação de crise: a vida dando um “cheque-mate”, questionamentos sobre carreira, dúvidas sobre a validade ou não dos resultados obtidos, insegurança sobre as opções tomadas, relacionamentos que se tornam inseguros, coisas que antes estimulavam e emocionavam perdem cada vez mais o sentido…

É verdade que tudo isso não ocorre ao mesmo tempo, mas quando nos deparamos com esse cenário de questionamentos profundos e até paralisantes estamos vivendo uma crise. É hora de buscarmos que valores nos norteiam verdadeiramente. Ansiedade, insegurança, desânimo, angústia, medo, são algumas emoções que acompanham este momento e podem contribuir para que pareça ainda mais grave e sem saída.

Mas você já parou para refletir sobre seu significado? Ao invés de entrar em pânico ou cair em depressão passar por uma crise pode ser um momento desafiador e até estimulante, onde você é chamado a colocar em prática vários de seus recursos, talentos e forças que até então estavam adormecidos. O ideograma chinês que representa crise é formado por crise + oportunidade, ou seja, duas polaridades e dois opostos aparentes.

Crise e Oportunidade são, na verdade, dois opostos complementares, ou como diz o ditado: são dois lados de uma mesma moeda. Tudo traz em si seu oposto complementar, esse aspecto é fundamental entender e, a partir disso, verificar o que pode ser feito a respeito.

Uma crise nos mostra que os paradigmas anteriores não servem mais, os valores anteriores faliram em algum sentido, o que antes funcionava já não surte o mesmo efeito. E isso nos impele a reflexões, revisões, um novo movimento interior. Como disse anteriormente, mergulhar dentro de você e expandir seu potencial.

É justamente esse movimento interior que impulsiona a busca do essencial e do fundamental em nossa existência. Quando nossos atos e decisões possuem esse respaldo crescem em verdade e se tornam coerentes e congruentes com nossa essência, permitindo repensar e redirecionar nossa jornada, nos colocando em busca de nossa visão de futuro.

Uma oportunidade para descobrir dentro de nós o que nos motiva e inspira verdadeiramente para que possamos criar estados de excelência que permitam mudanças generativas. Podemos aproveitar este momento como um comandante que corrige a rota de seu avião constantemente, para podermos alinhar nossa nave pessoal com nosso coração, ideais, valores reais e missão.
Vista dessa perspectiva crise é uma excelente oportunidade de aprendizagem e reflexões. Criamos um novo mapa de mundo que incorpora o crescimento e as descobertas trazidas desse processo de questionamento, permitindo estarmos mais plenamente presentes e disponíveis para um novo e vigoroso engajamento, um novo ciclo de transformação e criação. Pense nisso.

Escrito por Lucy Cintra

Compartilhe este post: